Estados Não Representados e a Construção de Significado: Contribuições Clínicas e Teóricas

Editor : Howard B. Levine, Editor : Gail S. Reed, Editor : Dominique Scarfone, Translator : Patricia F. Lago

Estados Não Representados e a Construção de Significado: Contribuições Clínicas e Teóricas

Book Details

  • Publisher : Editora Karnac
  • Published : 2015
  • Cover : Paperback
  • Pages : 302
  • Category :
    Psychoanalysis
  • Category 2 :
    Portuguese
  • Catalogue No : 36023
  • ISBN 13 : 9781910445075
  • ISBN 10 : 191044507X

Reviews and Endorsements

‘Esta coleção de textos reúne um grupo de eminentes colegas e uma série de artigos originais, rigorosamente discutidos e clinicamente ilustrados, em que cada um dos autores, a seu próprio modo, inevitavelmente utiliza aspectos importantes do trabalho de André Green, falecido em 2012. A escolha dos autores, ao trabalhar os aspectos não representados e os processos de representação, remete fortemente às ideias de Green sobre o ‘trabalho do negativo’. O resultado, contido nesse livro, reforça as propostas exploradas em profundidade por Green e ilustra as consequências práticas mais relevantes para o tratamento de pacientes não neuróticos. O leitor encontrará nesta leitura muitos estímulos para a criação de novos pensamentos e reflexões sobre a teoria psicanalítica do funcionamento psíquico e suas implicações clínicas.’
- Jean Luc Donnet, membro efetivo e analista supervisor da Sociedade Psicanalítica de Paris (SPP), ex-diretor do Centro Jean Favreau para tratamento psicanalítico e autor de Situação de Análise

‘A leitura dessa magnífica coleção de reflexões, realizada por um grupo formidável de colaboradores, é comparável a participar de uma aula magna. Os autores apontam áreas que não foram exploradas suficientemente pela teoria psicanalítica prévia, áreas que vão além do estritamente neurótico, à medida que também estão frequentemente presentes na estrutura de caráter subjacente nos neuróticos. Como compreender os espaços vazios, as ausências, bem como as presenças, no trabalho mental? Qual a importância de tais vazios, quais as suas origens e quais os seus efeitos no indivíduo e no analista? Qual o lugar e o impacto da parte não pensante da mente, e de que modo isso se dá? A apreensão e a obtenção de sentido do que não está representado é o problema maior na vida do paciente e o problema do analista na prática clínica.
Esse compêndio, tanto em seus relatos clínicos como na profundidade conceitual, possui uma consistência singular, enriquecedora, a ponto de oferecer um avanço importante e significativo no conhecimento analítico. Somos brindados com ideias dos primeiros pensadores e com extensões originais de conhecimento, que transportam a um novo patamar nossa compreensão dos vazios, dos processos psíquicos anteriores ao pensamento. Lança uma nova luz que ilumina as porções escuras da mente.’
- Warren S. Poland, psicanalista e membro da Associação Psicanalítica Americana e da Sociedade Freudiana de Nova York

‘Estes trabalhos transmitem e investigam o espírito do psicanalista que trabalha como o artista, mantendo a sua vitalidade e reunindo fragmentos da experiência a fim de criar um novo significado. Portanto, a leitura deste livro é uma experiência estética que oferece impressões novas e prazerosas, que poderão conduzir a uma integração inovadora, pessoal, que expande os horizontes da teoria analítica. Sua leitura nos oferece uma percepção mais viva e mais ampla da psicanálise e de suas possibilidades transformadoras.’
- Antonino Ferro, Analista Didata e Supervisor da Sociedade Italiana de Psicanálise e coeditor de Campo Analítico: Um Conceito Clínico

Sign up for our new titles email   Sign up to our postal mailing list   Sign up for postal updates